já pra cama!

Estou passando por um daqueles períodos mortais. Acho que já ingeri toda glicose que me seria cabível até o final do ano. Sério. Eu sempre achei horrível aquelas mães que não sabem a hora de tirar o peito das crianças; as vezes o menino já esta enorme, com os dentes dos sisos quase apontando, mas elas continuam ali firmes e fortes no aleitamento materno. É claro que em um momento ou outro já pensaram em parar, afinal é até um pouco constrangedor tirar o peito para amamentar em público, já que todos vão tentar buscar com os olhos o bebê, mas vão se deparar com um "mocinho". O que fazer quando a criança entra naquelas crises de pirraças intensas? Você vai dar um tiro na sua cabeça? Ou um tiro na cabeça dela? (Não!!!) Então para o bem de todos, e se privando do pior, a mãe acaba cedendo a chantagem emocional e posterga a decisão de desaleitamento.

O ponto onde eu quero chegar é, eu continuo "amamentando" minha criança interior. Se eu estou triste, feliz, angustiada, nervosa, ansiosa, empolgada, ou seja, não importa o meu estado de espirito pois tudo vai culminar em uma barra de "Hershey's Ovomaltine" ou "Diamante Negro". Existe uma "EU" super esperta, dona de si e coerente que diz: "Olha Josi, você só precisa estudar para se sair bem na prova, você só precisa distribuir currículos para arrumar um novo emprego, você só precisa parar de gastar para conseguir pagar suas contas, você só precisa tomar um chá de cidreira ou maracujina para ter mais paciência". Acontece que em contra partida, já que comumente eu costumo "pintar o diabo mais feio do que ele é" acabo dando espaço  para que possa entrar em cena uma outra "EU" bem pueril, que estou fazendo questão de alimenta-lá e deixando-a crescer leve e solta (e sem freios) e esta me diz:" Sabe Josi, eu acho que no meio de todas essas coisas, que a outra "eu" inteligentemente listou para serem feitas, coitada de você, acho que um chocolatezinho de nada vai te ajudar, afinal você sabia que especialistas garantem que comer chocolate diminui o estresse, melhora o humor na hora, aumenta nosso tempo de vida, previne derrames e até mesmo turbina os músculos. Pois bem, olha só o quantidade de coelhos que você matará com uma cajadada só?".
Então penso: CARAMBA o argumento da minha segunda EU é por demais persuasivo! Você também não acha?
A minha primeira EU acaba discordando fielmente e contra argumenta me dizendo que este sovaco suicida (pulando nas laterais no soutien) não é nada charmoso, o que dirá estas novas primas das minhas celulites de estimação que resolveram a priori só visitar e acabaram se instalando de mala e cuia no meu bumbum, na minha coxa e quem diria nos meus braços (Jeeeesus). Ter que comprar uma calça 44 não foi nada excitante, mesmo sabendo que eu só paguei 39,90 (o que é uma pechincha) pois ela não irá durar muito (só tem que durar tempo de eu emagrecer) e vai ser rápido.Entende? Então me diz como faz pra perder 20 KG em 5 dias? Héin?
Acabo finalmente me convencendo que a primeira EU, embora seja mais cruel e insensível, deseja mais o meu melhor; mesmo assim estou desconfiando que ela não deve ter hormônios, ou quem sabe ela na verdade seja um Homem (ui!). De todo modo é hora de colocar ordem na casa e mostrar quem manda - "ok crianças!"- não adianta gritar, espernear, chantagear, porque se não como diria a sabedoria popular "alguém vai dormir de lombo quente esta noite" E tenho dito.

Comentários