silêncio por dentro.

 Queria poder morar sozinha.Não é nem um caso de rebeldia desompensada ou vontade de aprontar... é apenas necessidade de ficar sozinha,pois por mais que a porta esteja trancada e a janela e cortina fechadas, sempre existe passos,luz,vultos e vozes  do outro lado,no corredor. E esses dias de solidão e incomunicabilidade dão margens para comentários e afirmações de como estou ficando doida,como a cada dia que passa estou ficando mais parecida com minha tia que tem problemas mentais,ou, você deve é ter merda na cabeça.Preciso ficar sozinha para me redmir,principalmente comigo mesma,para acalmar meu sono,espírito e a culpa de coisas que nem mesmo sei se fiz,ou para alimentar a raiva até um ponto em que só me resta perdoar.É isso ou ter Paulo Coelho sussurrando nos meus ouvidos dizendo que -Deus está nas palavras...assim como o diabo também- o que me leva a pensar que em situações de conflito preciso ficar mais tempo calada,talvez em todas elas;preciso respirar fundo,pausada e calmamente,fechar os olhos,sentir o silêncio por dentro e emudecer.

Comentários