chantagem.



E eu me descabelei,e perdi o controle.
De repente eu não tinha mais 1,58 de altura ... ali estava eu - uma gigante com o ego ferido. E eu não concordava com aquela merda toda, aliás, eu nunca concordo e isto é um auto-flagelo, é o meu castigo... cuja consequência seja dias e horas de arrependimento, esperando por menos... menos bravura, menos brigar pelo o que é certo, menos ronquidão. Quero poupar a minha voz, e me aliviar em um silêncio descomunal. Quando foi que deixei de guardar as coisas só pra mim, e comecei a  colocar tudo em pauta?tudo em discussão?
No fundo... gosto de ser a coitada... a inocente... e tão logo percebo o quão maldosa eu sou... destilando todo o meu veneno em feridas ainda abertas...
Não que eu tenha mentido; eu não minto, e isso é totalmente verdade... mas tudo aquilo era totalmente desnecessário... toda aquela verdade vomitada ali juntamente com todo o rancor... sendo que bastava apenas eu me fingir de surda, mas eu não quis. Será que se meus sentidos não fossem tão perfeitos eu seria uma pessoa melhor?
Eu me arrependo... e só isso não basta.

Comentários